Pagamentos móveis: Cielo Store perto de atingir 100 apps

A Cielo Store, loja de aplicativos móveis para a máquina de pagamentos Lio, da referida rede de adquirência, está neste momento com 92 títulos em seu catálogo. E há mais de 100 em desenvolvimento. Muito em breve, portanto, a loja deve alcançar a marca de 100 apps à disposição de lojistas que utilizam a Lio.

A Lio é uma máquina de POS inteligente. Além de receber pagamentos com cartões de crédito e débito, ela conta com uma tela touch screen e sistema operacional Android para a instalação de aplicativos. Em geral, são apps de apoio ao lojista, para controle de vendas e de estoque, por exemplo.

O modelo de negócios adotado pela Cielo é de compartilhamento de receita com os desenvolvedores dos apps para a Lio: a Cielo fica com 30% da receita e o desenvolvedor, com 70%. A Cielo se encarrega de todo o processo de billing.

Vale lembrar que há também desenvolvedores que criam apps customizados para redes específicas de varejo. Neste caso, os apps são distribuídos apenas para os terminais da rede específica, sem ficar disponíveis na Cielo Store.

Entre as marcas que já desenvolveram apps para a Lio estão UPS, Dotz, Sky e Editora Positivo.

API first

Rafael Silveira, responsável por produtos digitais da Cielo, fez uma apresentação sobre a Cielo Store nesta quinta-feira, 28, no Rio de Janeiro, durante o evento Apix Stories. Ele comentou que até bem pouco tempo a Cielo precisava se comunicar apenas com empresas (B2B) e com consumidores (B2C), mas agora precisa também falar com desenvolvedores (B2D). “É um público diferente, que busca boas ferramentas e toma decisões técnicas”, comentou. A empresa desenvolveu um portal na web voltado para desenvolvedores, que soma 4.395 profissionais cadastrados até o momento. Silveira destacou o fato de a Lio ter sido desenvolvida com o conceito de API first, tendo apoio da Sensedia no projeto.

Pagamentos móveis: Cielo Store perto de atingir 100 apps