Saúde: Health You: app quer que você coloque sua saúde no bolso

Depois de uma série de exames, o paciente deixa todos eles em casa e segue para a consulta médica. Ao entrar na sala, apresenta ao profissional seu smartphone, onde estão todas aquelas papeladas e radiografias armazenadas no aplicativo Health You (Android, iOS em breve). A proposta é que, em um único lugar, o paciente reúna todos os seus registros médicos, como exames laboratoriais, de imagens, receitas, e também informações como tipo sanguíneo e alergias, de maneira que otimize consultas e emergências. O aplicativo também permite acessar uma rede prestadora de serviços de saúde e receber benefícios.

O Health You também pode ser integrado ao sistema de hospitais, laboratórios e clínicas, de modo que todos os dados do paciente sejam consultados antecipadamente. A ideia é agilizar o atendimento, disponibilizar, em um só lugar, todas as informações sobre a pessoa e, com isso, reduzir possíveis erros.

“Nosso foco é atender o paciente. Propiciar a ele uma gestão mais precisa e qualificada que ele vai receber. Para isso, a gente desenvolveu várias ferramentas que facilitam o acesso às informações do seu histórico médico, mas também à rede prestadora de saúde com um diferencial, seja no tempo que ele vai ganhar ao usar o app, seja com parceiros que podem oferecer algumas condições diferenciadas comercialmente para ele”, explica Robson dos Reis Almeida, diretor da Health You.

Recursos

Entre as ferramentas disponíveis no app está o agendamento automático de consultas e exames. O paciente tem acesso a um catálogo de médicos, hospitais e prestadores de serviços de qualquer região do Brasil, mas com foco em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, inicialmente. Além de a própria Health You fazer o credenciamento, a startup tem uma parceria que permite o uso de parte do banco de dados do Google.

Assim, o paciente procura um médico de sua preferência no app e o aplicativo entra em contato com o profissional ou com a instituição, que disponibiliza as datas disponíveis para o paciente escolher.

Quando o médico ainda não é um parceiro da Health You, a ferramenta detecta essa informação, manda uma mensagem para o time de operações que entra em contato com o prestador de serviço para fazer o cadastro online. Com isso, ele passa a fazer parte da rede e o processo de agendamento dá sequência. Não há custo para o profissional.

Outro recurso disponível é a possibilidade de encontrar um médico do seu plano de saúde a partir da especialidade. Ao procurar, por exemplo, um ortopedista, o usuário seleciona o plano e a especialização. A ferramenta, então, contacta os prestadores a partir dos seguintes critérios: profissionais somente do plano de saúde do usuário que estão na sua região de alcance e que já foram credenciados na ferramenta. A partir dessas informações, o app entra em contacto com os profissionais; eles disponibilizam suas agendas; e o usuário escolhe.

O Health You também conta com programa de pontos, o Health Points, com cashback voltado à saúde. “Temos uma rede de parceiros no app que, para cada compra o usuário ganha um percentual de volta em dinheiro para ser usado em saúde – seja para pagar o plano de saúde, uma consulta médica ou medicamento”, explica Almeida. “Também bonificamos os usuários com bons hábitos de saúde”, complementa.

SOS

As ferramentas não param por aí. Há um botão de emergência. No caso, o usuário insere os dados de algumas pessoas e, quando aciona o botão, o app dispara uma notificação para essas pessoas ou entidades, informando que o usuário está precisando de atendimento. O app informa para aquele que foi contactado o código do app do paciente com sua geolocalização. “Com isso, ele sabe onde estou e pode acessar meu prontuário médico à distância”, explica o diretor da startup.

Compartilhamento

O Health You também permite o compartilhamento de dados médicos. Ou seja, se o local do pronto atendimento for parceiro do Health You, e o paciente se identificar como usuário, o médico plantonista do hospital poderá acessar, via interface do local ou da Health You, os dados desse usuário.

Planos

A startup desenvolveu três tipos de planos. O Basic reúne todas as funcionalidades do app, porém conta com publicidade. “Ele é voltado para quem busca algo diferente, para quem gosta de inovação e quer testar”, explica Almeida.
Já o Plus custa R$ 9,99 mensais e tem como diferencial a ausência da publicidade, além de ter um cashback maior e possuir controle de receituário e de alertas. Ou seja, se o médico prescreveu uma medicação para vários dias, a ferramenta monitora os dias e horários que o paciente terá que tomar os remédios.

Há também a ferramenta para compra de medicamentos. Ao acessar a opção “gestão de medicamentos”, o cliente preenche algumas informações a partir da receita dada pelo médico e tira uma foto da receita para deixar armazenada no app. O cliente, então, pode solicitar opções de orçamentos. O app faz uma varredura entre as farmácias parceiras e disponibiliza os valores para que o usuário escolha a que lhe convier. Tudo pelo aplicativo. “Esse é um plano voltado para pacientes crônicos que precisam tomar muitos medicamentos e de um acompanhamento mais próximo”, recomenda o executivo.

Por fim, o Premium. Ele custa R$ 19,99 e tem 100% dos valores que são negociados com os parceiros de cashback. Há também uma rede médica de atendimento que oferece descontos para esse usuário. Ele tem uma consulta por ano paga pela Heath You, além de acesso à central de apoio 24 horas por dia e ainda pode solicitar um médico à sua residência, com um custo extra.

Modelo de negócios

A Health You tem como meta alcançar em até três meses 100 mil usuários, sendo 70% deles ativos mensais (MAUs). Para isso, conta com 70 empresas parceiras do programa Health Points e, em julho, vai oferecer aos funcionários de duas grandes empresas o aplicativo. Juntas, elas somam 200 mil pessoas. A plataforma tem, até o momento, mais de 500 profissionais e entidades de saúde cadastrados.

Saúde: Health You: app quer que você coloque sua saúde no bolso