Assistentes pessoais virtuais: 64% dos internautas brasileiros já utilizaram comandos de voz no smartphone

O advento da tela sensível ao toque, pouco mais de dez anos atrás, popularizou a interface visual nos smartphones. Rapidamente os usuários se acostumaram a procurar pelos botões disponíveis na tela retangular do aparelho e a deslizar o dedo em determinadas direções para realizar certos comandos. Mais recentemente, os sistemas operacionais dos aparelhos foram dotados de assistentes pessoais virtuais que atendem por comandos de voz, como a Siri, no iPhone, o Google Assistente, nos terminais Android, e a Bixby, naqueles da Samsung. Mas qual é a popularidade desse recurso no Brasil hoje? A nova edição da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre uso de apps no Brasil procurou medir isso pela primeira vez, ouvindo 1.931 internautas brasileiros que possuem smartphone.

64% dos entrevistados declaram já terem usado esse recurso em seus aparelhos, seja para iniciar uma chamada telefônica, tocar uma música ou fazer buscas pela Internet. O hábito é mais comum entre os jovens de 16 a 29 anos (70%), do que no grupo entre 30 e 49 anos (61%) ou entre aqueles com 50 anos ou mais (55%). Também se nota um interesse maior dos homens (68%) do que das mulheres (60%) por essa ferramenta. Não houve diferença de comportamento entre classes sociais.

O uso de comandos de voz majoritariamente por jovens indica uma tendência importante, que deve ser levada em conta pelos desenvolvedores de apps – são poucos hoje os aplicativos que estão integrados com assistentes pessoais dos sistemas operacionais ou que contam com seu próprio sistema de reconhecimento de fala. É também uma tendência que começa a ser incorporada por robôs de conversação em geral, especialmente em aplicativos de mensageria.

A pesquisa tem validade estatística. Seu grau de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O relatório completo pode ser baixado de graça através deste link.

Assistentes pessoais virtuais: 64% dos internautas brasileiros já utilizaram comandos de voz no smartphone