Drones: DJI apresenta seu novo drone Mavic Air por R$ 4,2 mil

A DJI apresentou seu novo produto para o mercado brasileiro, o drone com braços e hélices dobráveis, Mavic Air. O dispositivo pesar 430 gramas, 40% mais leve que sua versão anterior. Além disso, é o primeiro equipamento voador do portfólio da companhia chinesa com memória interna de 8 GB.

“O Mavic Air começou a ser desenvolvido semanas após o lançamento do Mavic Pro. Trouxemos melhorias na parte que evita o aquecimento, colocamos as antenas de WI-Fi no pé dianteiro, e colocamos mais estabilidade na câmera principal. Com opção de gravação em 4K, a câmera tem três eixos em 4K. Demorou 18 meses para ser feito”, disse Raissa Mendes, diretora de marketing da DJI.

Outras novidade do drone são os dois modos de captura rápida de fotos e vídeos, o Quickshot. O primeiro deles serve para registrar imagens esféricas para o chão (Asteroid), e o segundo sobrevoa – em movimento oval – uma pessoa ou objeto (Boomerang).

O equipamento possui bateria de 2,375 mAh, suporta microSD de até 128 GB, a câmera principal é de 12 MP, e suas dimensões são metade do Mavic Pro (168x184x64mm dobrado), além de ser compatível com o óculos DJI Google e com o app GO DJI (Android, iOS) que, em breve, deve ganhar uma versão em português. O controle remoto é portátil e pode ser colocado dentro do drone, sendo que sua bateria é de 2,970 mAh com USB tipo C.

Inteligência de voo

O Mavic Air recebeu ainda atualizações em sua parte de software de voo. Agora, ele possui o Active Track para detectar automaticamente vários objetos simultaneamente. Além do Track, o drone tem o Flight Autonomy 2.0, um programa que processa os obstáculos ao seu redor – por meio dos sensores e das sete câmeras do Air – para criar um mapa 3D.

Uma outra solução do equipamento é o Sistema Avançado de Assistência ao Piloto (APAS ou Advanced Pilot Assistant System, em inglês). Essa tecnologia reconhece os obstáculos para serem desviados automaticamente.

Capacidade

O Mavic Air tem autonomia de voo de até 21 minutos. Ele pode voar em condições de vento de 36 km/h em lugares com elevações de até 5 mil metros acima do nível do mar. O alcance de distância máximo entre operador e drone é de 4 km e sua velocidade máxima é de 68 km/h (embora um dos operadoras da DJI tenha revelado que chegou a 82 km/h em testes).

Disponibilidade

Com opções de cores em branco, preto ou vermelho, o drone chega em até 20 dias no varejo nacional. Ele vem com controle remoto, bateria, estojo de transporte, dois pares de protetores de hélice, carregador e quatro pares de hélice sobressalentes por R$ 4.199. Uma versão mais robusta com três baterias, controle, bolsa de viagem, dois pares de protetores de hélice, seis hélices sobressalentes e um hub de carga de bateria, chegará ao Brasil por R$ 5.199.

Drones: DJI apresenta seu novo drone Mavic Air por R$ 4,2 mil