Educação: App de ensino em inglês Lingokids almeja 500 mil usuários no Brasil este ano

Lingokids (Android, iOS) é uma nova plataforma de ensino de idioma para crianças de 2 a 8 anos de idade que chega ao Brasil neste mês. Com opções gratuita e paga, a start-up espanhola homônima criadora do app espera ter mais de 500 mil famílias brasileiras entre suas usuárias até o final de 2018, sendo 10 mil assinantes do plano pago. Nota-se que a empresa chama os usuários de famílias, pois são os pais ou responsáveis que devem baixar e assinar os apps.

Criado em 2016 pelos irmãos Cristóbal Viedma (CEO e cofundador) e Marieta Viedma (cofundadora), o app surgiu após os dois se frustrarem com a falta de soluções de ensino digital para sua sobrinha de dois anos, como revela o sócio-fundador em conversa por e-mail com Mobile Time: “Quando tentamos achar uma solução de ensino digital para minha sobrinha aprender o inglês, vimos que não havia uma solução boa no mercado”.

Com o Lingokids, os desenvolvedores buscam se diferenciar do restante do mercado com uma grade curricular feita por especialistas e parte do conteúdo da Oxford University Press, além de uma experiência de ensino em 360º, com jogos, vídeos, músicas e ensino por seções (animais, cores, números, formas, preposições, antônimos e comida).

Atualmente, a plataforma possui versões para ensino do inglês em 17 idiomas e acumula mais de 3 milhões de famílias ao redor do mundo, sendo 40 mil delas pagantes.

Modelo de negócios

O Lingokids possui três modelos de acesso: Básico (gratuito, mas com opções limitadas por dia); Ilimitado (pago e com acesso a todas as categorias do app); e Premium (pago, mas com opções de a criança ter aulas online com professores nativos). Inicialmente, Viedma afirma que os planos Ilimitado e Premium terão o mesmo preço para o público brasileiro, R$ 29,90 por mês. Com isso, a empresa poderá chegar a ter uma receita próxima de R$ 300 mil mensais ao final de 2018, se atingir a meta de 10 mil assinantes.

Em sua história, o LingoKids recebeu US$ 4,2 milhões em investimento e possui parceria com a Vodafone para distribuir seu conteúdo no marketplace da operadora na Espanha. A parceria pode ser estendida a outros países, diz Cristóbal Viedma.

Lingo para professores

O Lingokids possui uma outra variação em seu ecossistema, o app Lingokids for Educators. Nele, os professores podem se registrar em um site e criar perfis para seus alunos aprenderem inglês em sala de aula. Viedma explica que a plataforma é gratuita para os docentes, e, em médio prazo, pretende fazer parcerias com escolas brasileiras para levar o app aos seus estudantes.

Educação: App de ensino em inglês Lingokids almeja 500 mil usuários no Brasil este ano