Internet móvel: Start-up leva Wi-Fi para dentro de 3 mil caminhões e ônibus

Uma start-up paulista está se especializando em levar conexão de Internet para dentro de veículos, especialmente caminhões e ônibus. Trata-se da WiFi Legal, cuja solução já está implementada em 3 mil veículos rodando pelo País, com projeção de ampliar para 20 mil em 2018, segundo seu fundador e CEO, Wagner Sansevero.

A solução consiste em instalar dentro do caminhão ou ônibus um pequeno hotspot Wi-Fi, plugado, em geral, ao acendedor. Esse hotspot, por sua vez, acessa à Internet através da rede móvel. A WiFi Legal tem uma parceria com a Vivo para usar a rede de dados da operadora.

“Por causa da quantidade, consigo negociar agressivamente os valores dos pacotes e oferecer uma solução que é mais barata que se contratado um plano diretamente com a operadora”, explica Sansevero. Para se ter uma ideia, na WiFi Legal, um pacote de 5 GB de dados custa R$ 69,99.

B2B

O foco principal da WiFi Legal é o mercado corporativo. A empresa fechou um acordo com a Volkswagen: desde julho, os caminhões da montadora no Brasil saem de fábrica com a solução da WiFi Legal grátis por um ano, com franquia de 5 GB/mês. O acordo prevê implementar a solução em 2,5 mil caminhões.

Outra cliente é uma empresa que coleta resíduos veiculares em São Paulo, para a prefeitura paulistana. Seus caminhões agora tem Wi-Fi e os funcionários da coleta levam consigo tablets para enviar informações ao escritório. Antes esse processo usava papel e precisava aguardar o retorno das equipes da rua.

Wagner agora negocia outros três contratos de grande porte, com uma empresa de ônibus, uma de aluguel de carros e outra fabricante de caminhões. É com esses novos acordos que projeta chegar a 20 mil veículos em 2018. “E espero um boom em 2019 e 2020”, prevê.

Soluções

A WiFi Legal disponibiliza quatro diferentes soluções de Wi-Fi veicular. A primeira e mais simples se chama 4Plus e consiste em um modem USB Wi-Fi/4G que precisa ser plugado em uma tomada (ou no acendedor do veículo). Ele aguenta até 10 conexões Wi-Fi simultâneas. É este equipamento que está sendo embarcado nos caminhões da Volkswagen.

A segundo é a 4Ultra, que também é um modem USB Wi-Fi/4G, mas com capacidade para até 32 conexões, voltado para veículos de transporte de passageiros, como vans e microônibus. Neste caso, o ideal é um plano de pelo menos 10 GB/mês, recomenda o executivo.

O terceiro é o 4Top, que consiste em um roteador Wi-Fi com uma entrada para um modem USB 4G. Esse roteador não tem limite de conexões simultâneas. A solução foi desenvolvida para ônibus. Junto com ele a WiFi Legal disponibiliza um painel na web para gerenciamento de todos os hotspots, o que inclui bloquear sites, analisar o tráfego e gerar lides. Esta solução é vendida com um pacote mínimo de 40 GB/mês.

Por fim, há o 4Black, para uso individual. Ele tem bateria própria de 2.500 mAh e um visor onde exibe algumas informações sobre a sua utilização. Este produto suporta até 10 conexões simultâneas.

Internet móvel: Start-up leva Wi-Fi para dentro de 3 mil caminhões e ônibus