Handsets: Preços dos novos iPhones variam de R$ 3,6 mil a R$ 4,8 mil

Os novos iPhones 8 e 8 Plus começaram a ser comercialiados em regime de pré-venda pelo varejo brasileiro nesta sexta-feira, 27. De acordo com a plataforma de comparação de preços do Buscapé (Android, iOS, Windows Phone), os novos smartphones da Apple custam entre R$ 3,6 mil e R$ 4,8 mil.

O dispositivo mais barato entre os novos handsets é o iPhone 8 de 64 GB, que pode ser encontrado nas Americanas.com, Fast Shop, Shoptime, Submarino e Walmart. Por sua vez, o mais caro é o iPhone 8 Plus de 256 GB, vendido por R$ 4,8 mil nas Americanas.com, Submarino e Shoptime.

Entre as operadoras, a Claro informou que o iPhone 8 entrou na pré-venda com o preço de R$ 2,9 mil para a versão de 64 GB junto com o plano pós-pago Claro Pós 25 GB. Na Oi, o mesmo modelo sai por R$ 4 mil, porém desbloqueado e sem contrato. Em e-mail enviado ao Mobile Time, a TIM informou que pratica o mesmo preço das outras duas operadoras para o iPhone 8 de 64 GB. Vivo está atualmente sem preços definidos em seus e-commerce e não respondeu aos contatos feitos pela redação do Mobile Time, apenas possui o website para cadastro de intenção de compra.

Os dois smartphones foram apresentados em 12 de setembro junto com o iPhone X. Eles trazem basicamente as mesmas configurações do X (processador A11 bionic; câmera de 12 MP; versões de 64 e 256 GB; recarga sem fio etc). As principais diferenças para o X são a existência de um home button e a ausência do sistema de reconhecimento facial, Face ID. O iPhone 8 tem apenas uma câmera traseira de 12 MP e o Plus, duas.

Vale lembrar que fontes do mercado disseram ao Mobile Time que o lançamento brasileiro do iPhone X corre o risco de ficar para 2018. Isso decorreria de um esperado sucesso de vendas nos Estados Unidos e na Europa e de uma consequente falta de componentes, que se refletiria no atraso de entregas para países emergentes.

Handsets: Preços dos novos iPhones variam de R$ 3,6 mil a R$ 4,8 mil