Vídeos: Smartphone é o device preferido dos brasileiros para assistir videos online, informa pesquisa

O smartphone é o dispositivo mais usado pelos brasileiros para assistir vídeos on-line. 84% dos brasileiros que assistem vídeos digitais utilizam os handsets para essa finalidade. E, de acordo com a pesquisa Video Viewers, realizada pela Invokers para o YouTube,  57% preferem este tipo de aparelho para assistir conteúdos em vídeo na web.

Para Maria Helena Marinho, diretora de pesquisas e insights do Google Brasil, esse movimento de consumo mais próximo entre usuário e seu dispositivo, ajuda no crescimento do YouTube e do consumo de vídeos na Internet brasileira. Ela lembrou da pesquisa do Google Consumer Barometer que evidenciou que 70% dos brasileiros possuíam um smartphone no final de 2016, ante 33% em 2012.

“O crescimento do YouTube está ligado ao poder do mobile. É um movimento que se consolida anualmente”, ressaltou a executiva. “Na pesquisa do ano passado, já era alto o consumo mobile em vídeos on-line no Brasil, 55%”.

O estudo foi feito com 1,5 mil brasileiros entre 14 e 55 anos de idade, das classes A, B e C, telespectadores de cinco capitais brasileiras (São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e Recife) e cidades do interior de SP. Essa amostra representa 123 milhões de pessoas e 80% do consumo de mídia do Brasil.

Google x Facebook

Em outro ponto, a análise demonstrq que o YouTube é a mídia preferida dos entrevistados para assistirem vídeos online. A plataforma de vídeo do Google é o favorito de 42% dos entrevistados e ficou à frente de WhatsApp (20%), Netflix (15%), Facebook (8%), TV paga (7%), TV aberta (6%) e Instagram (1%).

Nota-se que o Facebook é o principal rival do Google pelo mercado de vídeo. Se somar suas três plataformas (WhatsApp, Facebook e Instagram), a empresa de Mark Zuckerberg possui 29% ante os 42% do YouTube. “Percebemos ainda uma distância muito grande entre YouTube e Facebook em questões da pesquisa, como ‘quando eu quero assistir o que realmente amo’ (YouTube 52% x 42% Facebook e Instagram) e ‘traz informações que aumentam meu conhecimento’ (52% x 36%)”, completou Marinho.

Internet x TV

Outro destaque da pesquisa revela o crescimento do consumo de vídeos on-line em 90,1% nos últimos três anos, saltando de 8,1 para 15,4 horas por semana. Quando perguntados se assistem vídeos na web, 86% disseram que sim, sendo que 99% consomem pelo YouTube. E 56% brasileiros disseram que passam mais tempo assistindo vídeo na Internet do que na TV.

A Video Viewers ainda revela que 87% dos brasileiros ficam conectados à Internet quando a TV está ligada, 83% preferem assistir vídeo na web por buscarem conteúdo que não passam na TV, e que 74% das pessoas que não assinam TV paga não tem intenção de fazer uma assinar um pacote.

Vídeos: Smartphone é o device preferido dos brasileiros para assistir videos online, informa pesquisa