Transporte individual: Lyft cria divisão para desenvolver sistema para carros autônomos

A Lyft apresentou seus planos para entrar no negócio de carros autônomos. “É um dia muito feliz para o futuro da Lyft. Estamos apresentando a Level 5, a nossa divisão de tecnologia de direção autônoma”, disse Emily Castor, diretora de políticas de transporte da companhia norte-americana por meio de seu perfil no Twitter.

Em um artigo publicado no site Medium, Luc Vincent, vice-presidente de engenharia da Lyft e fundador do Google Street View, explicou que dentro da Level 5 será construído um sistema aberto de autodireção (em inglês “open self-driving system” ou “open SDS”). A ideia é que os futuros veículos da empresa com piloto automático funcionem por meio desta plataforma.

Vincent ressaltou que o projeto não é apenas mais um da empresa, mas o principal da Lyft. Para isso, 10% dos engenheiros estão focados na criação do open SDS. Para essa equipe, a companhia criou um novo centro de pesquisa em Palo Alto, Califórnia.

Com a entrada no mercado de carros autônomos, a Lyft abre um novo capítulo na disputa com a Uber pelo mercado de transporte individual nos Estados Unidos. Vale lembrar que o projeto de sistema com direção automática da rival passa por problemas na Justiça norte-americana: a Waymo, empresa controlada pela Alphabet, acusa a Uber e o ex-líder da equipe Anthony Lewandowski (ex-Google) de roubarem informações sobre o seu sistema de direção autônoma.

Transporte individual: Lyft cria divisão para desenvolver sistema para carros autônomos