Jogos: Candy Crush Saga se perpetua como o jogo móvel preferido dos brasileiros

O dinamismo da indústria de games móveis é notório. A maioria dos títulos entra e sai dos rankings de mais baixados em questão de semanas. A exceção que confirma a regra, pelo menos no Brasil, se chama Candy Crush Saga. Lançado há cinco anos, ele continua sendo o game móvel mais popular do País, conforme atesta a mais recente pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre uso de apps no Brasil. Desde que a pesquisa começou a medir a popularidade de jogos móveis, um ano atrás, Candy Crush Saga permanece na primeira posição quando se pergunta aos entrevistados qual game eles têm jogado mais atualmente.

Foram entrevistados 1.904 internautas brasileiros que possuem smartphone. A pesquisa tem validade estatística, com grau de confiança de 95% e margem de erro de 2,2 pontos percentuais. De acordo com o relatório, 57,2% dos internautas brasileiros com smartphone são jogadores móveis, ou seja, declaram que costumam jogar games em seus aparelhos. Os seis títulos preferidos deles são, nesta ordem: Candy Crush Saga, Clash of Clans, Farm Heroes, Super Mario Run, Pokemon Go e Pou. Destes seis, a única novidade no ranking é Super Mario Run.

Meninos X meninas

Interessante notar que há significativas diferenças na preferência dos games dependendo do sexo do jogador. O líder do ranking, Candy Crush Saga, por exemplo, é jogado majoritariamente por mulheres. 17,5% das jogadoras móveis o apontam como seu game preferido, ante apenas 4,5% dos jogadores masculinos. A situação se inverte no caso do segundo título mais popular no País, o Clash of Clans, que é o preferido de 9,7% dos jogadores homens e de apenas 2,4% das jogadoras. O terceiro colocado, Farm Heroes, também apresenta uma diferença significativa na análise por gênero, com predominância feminina.  Os demais títulos não registraram uma variação relevante nesse aspecto.

Merece destaque a queda de popularidade do Pokémon Go. Ele ocupava a posição de segundo jogo móvel mais popular do Brasil na edição anterior da pesquisa, realizada em dezembro passado, com 6,1% de citações, e agora está no quinto lugar, com 2,3%. Por outro lado, Super Mario Run, jogo com outro personagem da Nintendo, apareceu pela primeira vez no ranking, na quarta posição.

Note-se que todos esses títulos adotam o modelo de negócios freemium, ou seja, têm download gratuito e vendas de itens por dentro do aplicativo. A ideia é conquistar o usuário nas primeiras partidas e fazê-lo querer avançar mais com a compra de bens virtuais.

O relatório completo sobre uso de apps no Brasil está disponível para download gratuito em www.panoramamobiletime.com.br

Jogos: Candy Crush Saga se perpetua como o jogo móvel preferido dos brasileiros