Desenvolvimento: BBVA aposta em APIs abertas

O banco BBVA está apostando na abertura de uma série de APIs para atrair parceiros para se conectarem a diversas das suas plataformas. O projeto foi batizado como API Market e nasceu após uma série de investimentos da empresa em várias start-ups na área de finanças nos últimos anos. Com uma delas, um banco digital no México, foram necessários dois anos de trabalho para concluir a integração com seus sistemas de TI. A dificuldade técnica despertou o interesse da empresa em construir APIs.

O projeto do API Market compreende diversas APIs, incluindo uma para facilitar a abertura de contas, outra para auxiliar na entrega de empréstimos para a compra de carros e uma com dados sobre pagamentos com cartões de crédito do banco. As APIs também variam para cada mercado onde a BBVA atua, afinal, cada país tem a sua própria regulamentação financeira e legislação sobre compartilhamento de dados.

Por enquanto as APIs estão sendo oferecidas de maneira controlada para algumas start-ups parceiras, em caráter de teste. Mas a ideia é torná-las públicas no futuro. Ainda não está definido, contudo, o modelo de negócios, ou seja, como ou se o BBVA cobrará pelo acesso a cada uma delas, explicou Marcela Zetina, head de inovação e empreendedorismo do BBVA. A executiva apresentou o projeto nesta terça-feira, 30, durante o seminário APIX, em São Paulo.

Desenvolvimento: BBVA aposta em APIs abertas