Cosméticos: 20% dos pedidos da Natura vêm do app

O aplicativo móvel usado pelas consultoras da Natura já responde por 20% dos pedidos de compras registrados pela empresa, informou Agenor Leão, vice-presidente de tecnologia digital da companhia, durante palestra no seminário APIX, nesta terça-feira, 30, em São Paulo.

Atualmente, a Natura conta com cerca de 2 milhões de consultoras espalhadas pelo mundo. Desse total, 320 mil utilizam o aplicativo móvel para se comunicar com a marca e disparar pedidos de suas clientes. De acordo com Leão, o app proporcionou um aumento de produtividade de 10,2% nas consultoras que o adotaram e um crescimento de 8% na frequência de pedidos, além de um incremento de 2% nas vendas com ativação via push. Vale lembrar que recentemente o app ganhou navegação gratuita, com cobrança reversa de dados, ou seja, as consultoras não gastam mais seu plano de dados móveis quando acessam o app.

Digitalização

A adoção do app faz parte do processo de transformação digital do negócio da Natura. “Todo negócio hoje em dia é digital, independentemente do segmento”, diz Leão. Ele aponta, porém, três riscos decorrentes da digitalização da economia: 1) a erosão das margens, por conta do fim da intermediação; 2) a distração da gestão, por causa das inúmeras possibilidades de parcerias que surgem ou de caminhos que se abrem; 3) expectativas infladas.

De todo modo, não há como escapar disso. O único caminho para as indústrias tradicionais é enfrentar a digitalização e tirar o melhor proveito possível dela. É o que a Natura vem fazendo, adotando APIs, chatbots, aplicativos móveis e diversas outras novidades tecnológicas que aprimoram a sua operação e o dia a dia das suas consultoras. Hoje, em um dia de pico, a empresa registra 180 mil pedidos de compra: 99,65% deles já acontecem de forma digital, atavés de múltiplos canais. “Na prática, somos uma grande operação de comércio eletrônico, mas não olhávamos dessa forma”, comentou o executivo em sua palestra.

Cosméticos: 20% dos pedidos da Natura vêm do app