Marketing: Branch: empresa norte-americana de deep link para apps aposta no Brasil

O Brasil é um dos mercados prioritários este ano para a Branch, empresa norte-americana especializada em soluções para deep link para apps móveis. A companhia, que já atende a alguns aplicativos nacionais, como Peixe Urbano, Viva Real e PlayKids, quer aumentar a sua carteira de clientes no País em 2017, afirma Ramsey Pryor, head de expansão internacional da Branch. “Entendemos que está na hora de um comprometimento maior com o mercado brasileiro”, disse o executivo, em entrevista por telefone para Mobile Time. Para tanto, a empresa deve ampliar o seu time de embaixadores e de evangelistas da sua tecnologia no Brasil, além de participar de alguns eventos locais, com foco especial em São Paulo, mas não necessariamente abrirá um escritório no País por enquanto.

O deep link móvel consiste em fornecer links que levem para conteúdos específicos dentro de apps móveis. A tarefa requer soluções especiais porque os apps, ao contrário da web tradicional, não têm seu conteúdo necessariamente indexado em endereços universais. A Branch desenvolveu uma tecnologia para essa finalidade, na forma de um SDK público que pode ser integrado a qualquer aplicativo móvel. Hoje, mais de 15 mil títulos usam o seu SDK, incluindo AirBNB, Starbucks e Target, que somam mais de 2 bilhões de usuários no mundo.

A vantagem de se usar deep link em campanhas de marketing é que a conversão dentro de apps móveis costuma ser maior do que em sites tradicionais na web, mesmo que seja um site móvel. Pryor dá o exemplo da Tradesy, um varejo eletrônico de artigos de luxo nos EUA cujo app converte quatro vezes mais que o site móvel. Após a adoção de deep link em interfaces como email e site móvel levando para dentro do app, o tíquete médio no app cresceu 24%. Outro exemplo de sucesso é o Instacart, app de vendas de alimentos nos EUA, que faz muitas campanhas de promoções via email marketing. Após constatar que 70% dos emails enviados ao seu mailing são lidos em dispositivos móveis, decidiu adotar deep link nas mensagens. O resultado foi um aumento de seis vezes na conversão vinda do email no aplicativo móvel.

Quando o usuário não tem instalado em seu smartphone o app para o onde o deep link direciona, é aberta a página de download dele na loja de aplicativos. Depois da instalação, ao abrir o app pela primeira vez, o usuário é encaminhado automaticamente para a página do conteúdo daquele deep link. Se já tiver o app no smartphone, a abertura dessa página é imediata.

Marketing: Branch: empresa norte-americana de deep link para apps aposta no Brasil