MWC 2017: Com voz de graça, tele indiana conquista 100 milhões de usuários em 175 dias

A operadora indiana Jio, do grupo Reliance, está fazendo história no setor de telefonia móvel. A empresa chacoalhou o mercado indiano ao montar uma rede puramente 4G (ou seja, sem infraestrutura legada em 3G ou 2G) e oferecer voz ilimitada de graça a seus assinantes através de VoLTE (voice over LTE). Como não havia aparelhos baratos no mercado que funcionassem com essa tecnologia, decidiu ela própria fabricar seus terminais VoLTE, vendidos por aproximadamente US$ 45. Resultado: em 175 dias de operação conquistou 100 milhões de assinantes.

“Somos a empresa que conquistou mais rapidamente 100 milhões de clientes no mundo. Foram sete por segundo até agora, em média. Chegamos a ter 1 milhão em um único dia”, disse Mathew Oommen, presidente da Reliance, em entrevista coletiva ao lado do presidente da Cisco, Chuck Robbins, nesta terça-feira, 28, no Mobile World Congress, em Barcelona. A Cisco foi uma das fornecedoras da rede da Jio, que custou US$ 30 bilhões.

“Não sei porque ainda se cobra por voz em 2017. A única razão é porque 67% da receita dos meus competidores vêm de voz. Queremos que ninguém na Índia pague por voz”, disse Oommen. O executivo promete dobrar a capacidade da sua rede nos próximos seis a oito meses e chegar a 400 milhões de assinantes.

Cisco

A Reliance é apresentada pela Cisco como exemplo de operadora inovadora, por ter uma rede puramente IP, definida por software (SDN) e com grande nível de automatização. O CEO da Cisco acredita que o setor de telecomunicações está entrando em uma fase de transformação digital irreversível que trará mudanças significativas para o seu modelo de negócios e operação. “Estamos embarcando na década mais fenomenal de transição. O que vimos nos últimos 20 anos não será nada comparado com os próximos cinco a dez anos. Haverá mais que 25 bilhões conexões à Internet em 2020, que permitirão novos modelos de negócios e criarão oportunidades sem precedentes”, previu Robbins.

MWC 2017: Com voz de graça, tele indiana conquista 100 milhões de usuários em 175 dias