Pagamentos móveis: 13% dos brasileiros já usaram o celular para pagamento dentro de lojas, afirma pesquisa

13% dos usuários móveis brasileiros já utilizaram o celular como carteira para a realização de pagamentos dentro de lojas físicas, informa pesquisa realizada pelo MEF. Trata-se de pagamentos feitos com aplicativos de carteira móvel, como Samsung Pay, ou de pagamentos remotos, como o brasileiro PicPay. Dois anos antes, o percentual era de 7%. O percentual chama a atenção diante da relativamente pequena oferta de serviços de carteira móvel disponíveis no Brasil. O País está atrás da média mundial, que subiu de 8% para 18% em dois anos. Os líderes são China (38%), EUA (22%) e Índia (18%), dentre os nove países que fizeram parte da pesquisa. A pesquisa entrevistou 6 mil pessoas em nove países (Brasil, China, França, Alemanha, Índia, Nigéria, África do Sul, Reino Unido e Estados Unidos)

Carrier billing cresce

Outro dado importante se refere ao crescimento das compras por meio de carrier billing, também conhecido como direct billing, ou seja, o pagamento na fatura telefônica, ou descontando dos créditos pré-pagos. Em dois anos, subiu de 14% para 35% a penetração de usuários móveis que afirmam ter feito compras com pagamento na fatura telefônica nos últimos seis meses. No Brasil, esse percentual mais que triplicou, passando de 9% para 31%. Entre os países pesquisados, aquele com maior penetração de uso de carrier billing é a Nigéria, que dobrou de 21% para 42%. A baixa penetração de cartão de crédito em países emergentes torna a cobrança na fatura telefônica particularmente atraente. O relatório do MEF destaca também um recente acordo da Apple para a inclusão de carrier billing em alguns mercados, como Rússia, Suíça e Arábia Saudita.

Pagamentos móveis: 13% dos brasileiros já usaram o celular para pagamento dentro de lojas, afirma pesquisa