Dados móveis: iFood oferece navegação gratuita em seu app

Desde 26 de dezembro do ano passado, os usuários do iFood estão utilizando o aplicativo na rede celular sem gastar as suas franquias de dados. O aplicativo de delivery de comida aderiu ao modelo de “cobrança reversa de dados”, arcando com o custo de navegação de seus clientes em seu app junto às operadoras brasileiras. A utilização gratuita vale para usuários das quatro principais operadoras móveis do Brasil: Claro, Oi, TIM e Vivo. A solução adotada pelo iFood para viabilizar a navegação grátis é fornecida pela MUV, em parceria com a Datami. Com isso, o iFood se junta ao seleto grupo de apps nacionais com cobrança reversa de dados, do qual fazem parte também Bradesco, Netshoes, Privalia e Mercado Livre.

O iFood explica que aderiu a esse modelo depois que uma pesquisa com seus usuários apontou a conexão à Internet como umas das barreiras para a utilização mais frequente do app.

Análise

Em tempos de crise e corte de custos, a frequência e o valor das recargas de pré-pagos têm caído no Brasil. Desta forma, o modelo de cobrança reversa de dados ganha ainda mais importância. Os apps que contam com esse modelo passam a ter um diferencial competitivo frente aos seus concorrentes, pelo menos no que diz respeito à base pré-paga, que representa hoje dois terços do total de acessos móveis no País.

Dados móveis: iFood oferece navegação gratuita em seu app