Panorama Mobile Time/Opinion Box: Uber estreia no ranking dos apps mais presentes na home screen do brasileiro

O Uber figura pela primeira no ranking dos 20 apps mais facilmente encontrados na primeira tela do smartphone dos internautas brasileiros, lista elaborada pela pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box. Pela primeira vez em quatro edições da pesquisa o aplicativo de chamada de corridas de automóveis entrou no ranking, ocupando o sétimo lugar: seu ícone está na home screen de 9,3% dos smartphones de internautas brasileiros.

O sucesso do Uber nos últimos sete meses no Brasil pode ser atribuído, em grande medida, à crise econômica vivida no País. O serviço de corrida em automóveis particulares Uber X oferece preços mais baixos que o táxi regular, atraindo consumidores brasileiros de todas as classes sociais que desejem economizar. Ao mesmo tempo, a crise levou muitas pessoas a experimentarem o trabalho como motoristas do Uber, seja em “bicos” em seus momentos de folga ou como atuação principal, no caso daqueles que estão desempregados. O aumento da frota melhorou a eficiência do serviço, além de reduzir a tarifa, já que o Uber calcula o preço de acordo com a proporção entre oferta e demanda, a chamada “tarifa dinâmca”. A disputa com os taxistas e as polêmicas em torno da sua regulamentação com diversas prefeituras garantiram muita cobertura jornalística para o app, o que também contribuiu para a sua popularidade.

Quando estratificado por faixa etária e por classe social, nota-se que o Uber é mais comumente encontrado na primeira tela dos smartphones de pessoas mais velhas e das classes A e B. Ele aparece na home screen de 16% dos smartphones de pessoas com mais de 50 anos – e em 8% naqueles de pessoas entre 16 e 29 anos. Nas classes A e B, o Uber está presente na primeira tela de 11% dos aparelhos, enquanto nas classes D e E, em apenas 5%.

Metodologia

Há várias formas de se medir a popularidade de um app. Na pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box optou-se por solicitar aos usuários que nomeiem livremente até 20 aplicativos baixados e que se encontram na sua home screen. Trata-se de uma maneira objetiva de medir a popularidade de um app, partindo do pressuposto que as pessoas mantêm na primeira tela aqueles títulos que usam com mais frequência. Os entrevistados precisam escrever os nomes dos apps. A partir das respostas é elaborado o ranking com os 20 apps mais comuns na home screen dos brasileiros. Na construção da lista é tomado o cuidado de verificar respostas com variações de grafia de apps populares, mesmo quando equivocadas (Watsapp, por exemplo, é computado como WhatsApp).

WhatsApp, Facebook e Instagram ocupam as três primeiras posições do ranking. Merece destaque a presença do Banco do Brasil como o app nacional mais bem colocado, na quinta posição.

Sobre a pesquisa

Esta edição da pesquisa inclui também:

  • Ranking completo dos 20 apps mais comumente encontrados na home screen do smartphone do brasileiro
  • Ranking dos apps favoritos dos brasileiros
  • Ranking dos games móveis mais jogados pelos brasileiros atualmente
  • Ranking dos serviços de entretenimento móvel pago mais populares no Brasil
  • Ranking dos antivírus móveis mais populares no Brasil
  • Ranking dos serviços de backup móvel mais populares no Brasil
  • Análise assinada por Fernando Paiva, editor do Mobile Time

Foram entrevistados ao longo de novembro 1.963 brasileiros que acessam a Internet e que possuem smartphone. Foram respeitadas as proporções de gênero, faixa etária, renda familiar mensal e distribuição geográfica desse grupo. A pesquisa tem validade estatística, com  grau de confiança de 95% e margem de erro de 2,2 pontos percentuais.

O relatório completo, de 21 páginas em PDF, custa R$ 299 e pode ser comprado diretamente por este link no PagSeguro (https://pag.ae/bbfZjvB), ou pelo site www.pesquisasmobiletime.com.br, ou encomendado pelo email mobiletime@mobiletime.com.br

Panorama Mobile Time/Opinion Box: Uber estreia no ranking dos apps mais presentes na home screen do brasileiro