Jogos: Três em cada dez brasileiros que jogam Pokémon Go já gastaram dinheiro com o game

31% dos jogadores brasileiros de Pokémon Go (Android, iOS) já compraram algum item virtual dentro do game, informa pesquisa da eCMetrics com 1 mil internautas que baixaram o jogo em seus smartphones. Entre os que gastaram dinheiro com Pokémon Go, o desembolso médio foi de R$ 59,4. Para ser mais exato: 27% gastaram até R$ 10; 39%, entre R$ 11 e R$ 50; 22%, entre R$ 51 e R$ 100; e 12%, mais de R$ 100.

A pesquisa analisou também onde os brasileiros caçam pokémons. O mais comum, apontado por 60% dos entrevistados, é caçar no caminho para casa, escola ou trabalho. Shopping centers (58%) e lugares públicos (58%) também estão entre os preferidos. 40% caçam dentro do trabalho ou da escola. E 32%, em estabelecimentos comerciais.

Metade dos jogadores brasileiros declararam já ter ido a uma loja especificamente para caçar pokémons. E 75% aproveitaram para comprar algo no estabelecimento comercial. Além disso, 56% disseram que passam mais tempo dentro da loja quando estão caçando pokemons do que em uma visita regular.

A frequência de acesso ao jogo impressiona. Metade (51%) dos usuários de Pokémon Go jogam diariamente. 16%, de cinco a seis dias por semana; 17%, três a quatro dias; 12%, um a dois dias; e 12% acessam com menos frequência que isso. A pesquisa mediu também a quantidade de horas por dia jogando Pokémon Go: 22% jogam menos de uma hora por dia; 34%, de uma a duas horas; 20%, de três a quatro horas; 24%, mais de quatro horas.

Desistência

De acordo com a pesquisa, 22% dos internautas brasileiros que baixaram Pokémon Go já pararam de jogá-lo. Os principais motivos apontados por eles para a destistência foram: dificuldade do jogo (48%); não gostou do jogo (33%); não encontrou muitos pokemons (25%); e problemas de compatibilidade do jogo com seu modelo de celular (8%).

Jogos: Três em cada dez brasileiros que jogam Pokémon Go já gastaram dinheiro com o game