Smartphones: iPhone 7 Plus tem câmera traseira dupla, resistência à água e até 256 GB

A Apple apresentou nesta quarta-feira, 7, o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, seus novos smartphones topo de linha. Ambos mantiveram os tamanhos de seus antecessores (4,7 e 5,5 polegadas, respectivamente), mas renovaram seu design e trouxeram como principais novidades a resistência a água e poeira (IP67), memória interna de até 256 GB e o fim da entrada analógica de fone de ouvido, que passará a ser conectado pela mesma porta que recarrega o aparelho, com o conector Lightning. Além disso, ambos os aparelhos vêm com o processador A10 Fusion, de 64 bits. Ele tem quatro núcleos: dois para alta performance, 40% mais rápidos que seus antecessores, e dois para alta eficiência, consumindo apenas um quinto de bateria que os outros. O processador identifica automaticamente quais núcleos devem ser utilizados em cada aplicação, dependendo das suas necessidades, para poupar bateria sem perder qualidade na performance. A bateria do 7 Plus dura uma hora a mais que o 6 Plus, em média.

Nestes novos lançamentos a Apple decidiu estabelecer uma nova diferença entre os dois aparelhos que não apenas o tamanho da tela. O iPhone 7 vem com uma câmera traseira e o iPhone 7 Plus, com duas. Ambos têm uma câmera grande angular traseira de 12 MP, com lente de 28 mm, flash dual tone com quatro LEDs, abertura f /1.8 e software com reconhecimento de imagem, capaz de fazer uma série de ajustes em milésimos de segundo para melhorar a qualidade da foto. O 7 Plus, porém, traz uma segunda câmera traseira, para zoom, com lente de 56 mm. Ela garante um zoom ótico de duas vezes sobre a imagem da grande angular e pode ser acessada por um botão no app da câmera. Depois, com zoom digital, o usuário consegue chegar a um alcance de até 10 vezes. As duas câmeras são também combinadas com a ajuda de um software de reconhecimento de imagem para produzir fotos com pouca profundidade de campo, borrando o fundo, em um novo modo de imagem batizado como “retrato”. A câmera frontal de ambos os terminais tem 7 MP, melhor que na linha anterior, que era de 5 MP.

Os dois produtos terão versões de 32 GB, 128 GB e 256 GB. O iPhone 7 será vendido a partir de US$ 649 e o iPhone 7 Plus, por US$ 769. A pré-venda começa nos EUA na sexta-feira, 9, e os produtos chegarão no dia 16 às lojas de 28 países: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Cingapura, Espanha, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, EUA, Finlândia, França, Holanda, Hong Kong, Irlanda, Itákia, Japão, Luxemburgo, México, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Porto Rico, Reino Unido, Suécia, Suíça e Taiwan. Uma semana depois, outros 30 países receberão os produtos, a maioria na Europa Oriental e no Oriente Médio, nenhum na América Latina. Como de praxe, é esperado que o Brasil receba os novos iPhones somente no meio de novembro.

A Apple apresentou também seu primeiro par de fones de ouvido sem fio, os AirPods, que serão vendidos por US$ 159, com chegada às lojas no fim de outubro.

Smartphones: iPhone 7 Plus tem câmera traseira dupla, resistência à água e até 256 GB