Desenvolvimento: Google cria programa para treinar 2 milhões de programadores Android na Índia

O Google lançou um novo programa de treinamento nesta segunda-feira, 11, para habilitar mais de 2 milhões de indianos a se tornarem programadores do sistema operacional Google Android. É o programa Android Skilling. Um estudo da Evan estima que, até 2018, 4 milhões de pessoas serão desenvolvedores de software, tornando-se a maior comunidade de especialistas do gênero no mundo.

De acordo com a companhia norte-americana, o programa deve treinar os profissionais nos próximos três anos e servirá como suporte à iniciativa do governo indiano “Skill India” de desenvolvimento do profissional de tecnologia do país. Android Skilling consiste de três etapas:

1. Treinamento de ponta a ponta: Universidades públicas, universidades privadas e instituições de treinamento da National Skill Development Corporation of India adicionarão nas grades curriculares de seus cursos de ciência da computação e computação móvel a matéria de Android Developer Fundamentals, ainda neste ano.

2. Canais de treinamento: Além das universidades, o Google fez parceria com as empresas de treinamento tecnológico Edureka, Koenig, Manipal Global, Simplilearn, Udacity e UpGrad, para servirem como “parceiros autorizados de treinamento” na Índia. Assim os estudos sobre o OS mobile não ficarão restritas ao âmbito acadêmico.

3.  Certificado: O Google criou um certificado para desenvolvedores do sistema operacional Android, o Associated Android Developer Certificated. Baseado em um exame, o documento servirá para abrir portas e atestar que o profissional é apto a desenvolver trabalhos com o OS. A prova custa 6,5 mil rúpias (R$ 320 na corretagem atual).

A proposta do Google com seu novo programa de treinamento é diminuir a lacuna que existe atualmente entre os programadores do país e plataformas mobile. Apenas 25% dos desenvolvedores indianos estão treinados para criar aplicações em plataformas móveis.

Desenvolvimento: Google cria programa para treinar 2 milhões de programadores Android na Índia