Comunicação instantânea: Facebook testa criptografia de ponta a ponta no Messenger

O Facebook informou nesta sexta-feira, 8, que começou a testar a aplicação de criptografia de ponta a ponta nas conversas via Facebook Messenger (Android, iOS e Windows Phone). O intuito da companhia é dar ao usuário a opção de realizar conversas em segredo. No serviço chamado de “Secret Conversations”, o usuário pode manter uma conversa protegida com outra pessoa, assim não corre o risco de ter o conteúdo espionado.

Baseado na tecnologia Signal Protocol, a comunicação criptografada funciona apenas entre dois aparelhos, não podendo ser lida ou continuada em outro device, mesmo que seja do mesmo dono, como passar de um tablet para um smartphone, por exemplo.

Além da opção de conversação secreta, o Facebook Messenger está testando o uso de cronômetro para manter a conversas em segredo. A pessoa que criar a conversa poderá estabelecer por quanto tempo o conteúdo fica disponível para o outro usuário, assim como acontece no Snapchat.O serviço de proteção de conversação não permite envio de conteúdo multimídia, como GIFs, stickers e vídeos.

Tal como acontece em outro app de conversação da empresa, o WhatsApp, a criptografia é opcional.

O Facebook informa que apenas alguns usuários têm acesso à tecnologia do Secret Conversation nesta fase de teste, mas o serviço será expandido para outras pessoas nas próximas semanas.

Análise

A criptografia se tornou praticamente obrigatória em serviços de troca de mensagens, depois de terem vindo a público inúmeros casos de espionagem, a começar pelo escândalo da NSA. Antes do Messenger, o WhatsApp adicionou criptografia ao seu serviço este ano. E o rival russo Telegram foi um dos pioneiros nesse aspecto.

Esse movimento dos players globais de comunicação instantânea acaba tirando um pouco da vantagem competitiva que alguns serviços pagos possuíam até então.

Comunicação instantânea: Facebook testa criptografia de ponta a ponta no Messenger