Mercado editorial: Ubook prepara internacionalização, modelo freemium e versão para automóveis

O Ubook (Android, iOS), app brasileiro de audiolivros, está crescendo rapidamente e avançando em várias frentes. Em menos de dois anos de operação, conquistou 1 milhão de assinantes; um catálogo de mais de 160 mil títulos, entre livros, revistas e podcasts; acordos com mais de 50 editoras nacionais e estrangeiras; e ofertas cobranded com Oi, TIM, Nextel e Saraiva, além de acordos de carrier billing com todas as grandes operadoras brasileiras. Os próximos passos serão a expansão internacional pela América Latina, a adoção do modelo freemium e o desenvolvimento de uma versão do aplicativo para o embarque em automóveis conectados, revela Flávio Osso, CEO da Ubook, em entrevista para MOBILE TIME.

Um dos fatores que impulsionam o sucesso do Ubook é o fato de muitos brasileiros não terem mais tempo para ler livros. Em vez disso, preferem ouvi-los quando estão realizando outras tarefas, como dirigir seu carro ou correr na esteira da academia.

“O leitor brasileiro lê, em média, três livros por ano. Os usuários do Ubook ouvem um livro e meio por mês. 70% dos nossos assinantes escutam mais de 8 horas de conteúdo por mês”, relata o executivo.

Hoje o Ubook é acessível via assinatura, cujo preço varia de acordo com o canal por onde é contratado (operadoras, Google Play ou iTunes, por exemplo). Para aumentar ainda mais a sua base de usuários, a empresa adotará ainda este ano o modelo freemium: boa parte do seu catálogo será disponibilizado gratuitamente, e troca da veiculação de publicidade. Além disso, a empresa planeja a adição de conteúdo original, ou seja, produzido especialmente para a sua plataforma, tal como faz o Netflix com filmes e séries. “Queremos entregar conteúdo cada vez mais relevante e aberto”, diz Osso.

Paralelamente, a Ubook prepara a sua expansão internacional. Milhares de audiolivros em espanhol e em inglês de editoras estrangeiras, como Penguin Random House e Patagonia, estão sendo adicionados ao seu catálogo. Versões do app do Ubook em espanhol e em inglês já foram submetidas à App Store e devem estar disponíveis em breve, assim como para Android. A expectativa é ter até o final do ano que vem no exterior a mesma quantidade de usuários que tem no Brasil.

Carros conectados

Em outra frente, a companhia vai diversificar seus canais de distribuição de conteúdo. Além do app para smartphones, a Ubook estará presente dentro de carros conectados. A empresa firmou acordo com uma montadora de carros classe A para embarcar seu aplicativo em modelos de automóveis vendidos no Brasil. Quem comprar os automóveis ganhará um ano de assinatura do Ubook.

Mercado editorial: Ubook prepara internacionalização, modelo freemium e versão para automóveis