MVNOs: Correios escolherão no dia 8 de outubro qual rede será usada para sua operadora móvel virtual

(ATUALIZADA ÀS 13:00 DE 29/08/2015) Depois de um longo tempo de maturação de projeto, os Correios selecionarão no dia 8 de outubro a prestadora móvel que será parceira da empresa na exploração de serviço celular com a sua marca como uma operadora móvel virtual (MVNO, na sigla em inglês). A modalidade escolhida pelos Correios é de credenciada, que dispensa a necessidade de outorga da Anatel, conforme o estabelecido no chamamento público, publicado nesta sexta-feira, 28.

De acordo com o responsável pelo projeto, Ara Minassian, os Correios têm muito a oferecer a uma operadora móvel, como uma rede com mais de 12 mil agências por todo o País. E além de um enorme número de pessoas que usa o serviço da empresa e que é o público-alvo da MVNO, há uma forte relação da empresa com grandes corporações. A expectativa de Minassian é de que as quatro maiores operadoras apresentem propostas no dia 8 de setembro.

Atualmente, três MVNO estão atuando no Brasil e juntas somavam 345,623 mil assinantes até julho deste ano, segundo dados da Anatel. A Porto Seguro é a maior delas, com 321 mil usuários. A Datora, voltada para M2M, tem 17,9 mil. E a Terapar, 6,7 mil assinantes. As duas primeiras usam a rede da TIM e a terceira, da Algar.

Outras três empresas já receberam autorização da Anatel: Alô Serviços de Telefonia Móvel, da igreja Assembleia de Deus, a Virgin Mobile e a Sisteer, todas ligadas à rede da Vivo.

MVNOs: Correios escolherão no dia 8 de outubro qual rede será usada para sua operadora móvel virtual